KingHost moderniza com Lighttpd


Lighttpd não é um bicho, não é um mascote, não é de comer. É um sistema de servidor de web sofisticado e preparado para ambientes de alta performance. Em linguagem simples: um negócio que faz o teu site andar mais rápido, o servidor funcionar mais folgado e deixar o ambiente de hospedagem de sites mais estável. No Brasil, não encontramos outra empresa de hospedagem que use este sistema. Internacionalmente, o Youtube (na área de vídeos), Wikipedia (em algumas seções do site) e Meebo também utilizam o Lighttpd como servidor web.

Em testes realizados na KingHost, com sites de grande audiência – mais de 50 mil usuários por dia -, a performance alcançada com lighttpd + php com fastcgi foi de 800% superior ao mesmo ambiente com Apache, o servidor web tradicional para sites em PHP. Sim, oitocentos porcento superior. Em um dos ambientes otimizados, o load average de um servidor com 10 sites rodando o sistema Apache, permaneceu entre 30 e 60 em uma medição entre 16h e 17h de um dia específico. Na semana seguinte, no mesmo dia, no mesmo horário, com os sites rodando em ambiente de lighttpd, o load average do servidor ficou em 1.5. Uma drástica redução de processamento, um enorme ganho em velocidade de carregamento das páginas. O ambiente permanece utilizando 50% da memória disponível no servidor (3.7 Gb de 8 Gb) e sem quedas hà 30 dias, com mais de 2 milhões de hits por dia.

Estamos gradualmente implementando a plataforma dual-mode em todos os servidores Linux, para que em breve seja possível otimizar todos os sites com grande audiência, ou melhor ainda, todos os sites que rodam com o sistema WordPress de blogs.

Prós? Contras? Alguns sites internacionais mencionam que o Lighttpd utiliza mais memória ram do que o Apache. Convenhamos: hoje em dia memória ram é um insumo extremamente barato na montagem de um servidor. Em termos de segurança, conseguimos equiparar o lighttpd à segurança do open_basedir do php/Apache utilizando php em modo cgi. Para que não onerasse o processamento, foi utilizado em conjunto, a tecnologia fastcgi, que cria um socket para cada PHP executado pelo usuário.

Concorrente direto do lighttpd, o sistema Nginx (lê-se enginéx) também cresce absurdamente segundo o site de pesquisas Netcraft. Segundo a última pesquisa divulgada em Janeiro de 2009, Nginx aparece como quarto webserver mais utilizado na web e Lighttpd em quinto, atrás de Apache, IIS (Microsoft) e Google. O Nginx é muito bem falado, é utilizado pelo também cliente da KingHost Linkto, mas a falta de documentação e pequena comunidade nos levou a desconsiderar maiores investimentos neste software.

Finalizando, se o seu site possui muitos acessos, não utiliza “.htaccess”, não utiliza Joomla, não utiliza ASP, Java, Python, Django… ou é baseado no WordPress ou possui apenas páginas em html e imagens, recomendamos que utilize o Lighttpd na hospedagem do seu site. Clientes KingHost podem solicitar a alteração do ambiente por ticket no nosso painel de controle. A alteração é instantânea, não é mudado nada no site, exceto o IP do seu domínio, para um IP gerenciado pelo lighttpd.