Bem-Vindo!

Este é nosso primeiro Post na Wiki, estamos tornando-a pública, reunindo uma FAQ (Perguntas Mais Frequentes) informações referentes aos diversos produtos que oferecemos e seus mais variados modos de utilização.

Em primeira instância, iremos estipular algumas pequenas informações para o bom uso da Wiki:

  • A nossa empresa não presta suporte a programação, porém, iremos lhe auxiliar ao máximo para o melhor desempenho de seu site, lhe indicando funções diferentes ou outros métodos de utilização sempre que possível.
  • Todos os conteúdos postados nessa wiki são moderados e não será permitido nesta wiki linguajar desrespeitoso. Visamos utilizar este método para manter esta ferramenta limpa e facilitar o uso e a busca de informações das pessoas que precisam da informação correta, mas ainda ficaram com dúvidas.
  • Os servidores trabalham com padrões, mas não é por termos um padrão que não podemos ter modificações nas configurações dos mesmos. Temos diversos servidores com configurações diferenciadas, sendo previamente analisadas pelo nível de desenvolvimento que é acionado via ticket de suporte. Atualmente, trabalhamos com diversos ambientes diferentes, versões de PHP, de Java, tudo em servidores com configurações específicas. A instalação de componentes adicionais ou a confirmação da existência do mesmo deve ser confirmada junto a nossa central de atendimento. Somos flexíveis e sempre abertos a implementar novas tecnologias. Desta forma, as sugestões são sempre bem-vindas e para documetá-las, indicamos que as encaminhe de forma detalhada através de e-mail.

Começando a hospedagem

Como colocar meu site na minha nova hospedagem?

Se você tem o site no seu computador, faça a transferência dos arquivos para o servidor através de um software, indicamos utilizar FileZilla ou Cute_FTP.

  • transfira o conteúdo do seu site via FTP, utilizando os dados de conexão ao servidor, estes dados você encontra no painel de controle na opção “Gerenciar FTP”:

  • caso tenha alguma dificuldade no procedimento, entre em contato com o nosso suporte para lhe auxiliarmos.

Migrando seu site de outro servidor para a KingHost:

Para que o processo de migração seja mais efetivo, os DNS não podem ser alterados e o servidor antigo não pode estar com o serviço congelado ou cancelado. Primeiramente é necessário realizar a migração completa e efetuar testes de acesso através dos endereços alternativos para se certificar de que seu site está funcionando corretamente nos servidores da KingHost.

Importante: Caso já tenha alterado os DNS do seu domínio, será necessário verificar o IP de conexão de cada servidor, para colocar no lugar do HOST para conexão no processo de migração, isso é tanto para os arquivos do FTP ou e-mails.

Migrações efetuadas via painel de controle:

  • Migração de arquivos: não há um limite para a quantidade de arquivos que a ferramenta pode migrar, dependerá do limite estipulado pelo servidor antigo.
  • Migração de e-mail: não há um limite para a quantidade de e-mails que a ferramenta pode migrar, dependerá do limite estipulado pelo servidor antigo. O migrador de e-mails fará somente a migração do conteúdo da caixa de entrada.

A migração do banco de dados deve ser realizada manualmente. É necessário gerar o backup da base de dados através do painel de controle do servidor antigo. Após ter gerado o backup, acesse o painel de controle da KingHost para poder importá-lo para a base de dados. O passo a passo deste procedimento está neste tutorial.

Segue abaixo o procedimento para a migração através do painel de controle KingHost:

1) Migração dos arquivos do site:

1.1 – A migração dos arquivos do site pode ser realizada através de algum programa de FTP (Ex.: Filezilla, Cute_FTP) ou através do painel de controle, clicando na opção “Importar FTP externo”.

1.2 - Ao clicar nesta opção, abrirá a sessão para informar os dados do servidor antigo:

Host/IP FTP – Se os DNS ainda não foram alterados, informe o host de conexão do FTP do servidor antigo, caso os DNS já tenham sido alterados, deve utilizar o IP do FTP do servidor antigo.

Porta - Padrão 21

Usuário - Usuário de FTP do servidor antigo.

Senha : Senha do FTP do servidor antigo.

Listar Sub-Diretórios – Caso marque esta opção, explicamos abaixo o que ocorrerá:

1.3 – Marcando esta opção o migrador vai listar recursivamente os sub-diretórios no FTP (pode demorar alguns minutos):

Esta opção irá listar as pastas do seu FTP no servidor antigo, marque o diretório que deseja transferir, e abaixo marque para qual diretório deve ser transferido para o servidor da KingHost. Caso deseje, também pode apontar manualmente após a opção “/”, inserindo o nome do diretório para qual deseja que seja transferido o conteúdo. Depois de ter escolhido o que será migrado, clique no botão “continuar” para dar início ao processo de migração dos arquivos. Aparecerá a tela abaixo, com o status da migração:

Após a conclusão da migração, clique em “Confirmar”. Acesse o seu FTP através do host alternativo para verificar se os arquivos foram migrados corretamente. O host alternativo você encontra na opção “Gerenciar FTP”:

Aparecerá a tela abaixo, visualize a informação “Host alternativo”:

O teste de acesso ao site pode ser feito através do link alternativo:

2) Migração das bases de dados:

2.1 - Banco de dados MYSQL

Para acessar a sessão do banco de dados MySQL, acesse o painel de controle da KingHost e na parte inferior da página clique no ícone “Gerenciar bancos MySQL”.

2.1.1 – Crie a base de dados MySQL através do formulário, insira uma senha de sua preferência para a nova base de dados, caso deseje, pode colocar uma observação para que fique melhor a sua identificação.

Conforme imagem acima, insira os dados e clique no botão “criar banco de dados”.

Observação: o nome das bases de dados será sempre de acordo com o nome do domínio. Exemplo: dominio, dominio1, dominio2.

2.1.2 - Após a criação do banco de dados, aparecerá o gerenciamento:

Painel 1

Painel 2

2.1.3 - Após a criação da base de dados MySQL, será necessário importar o backup da sua base de dados que foi gerado no servidor antigo. Na sessão “Gerenciar bancos MySQL”, na parte inferior você encontra o formulário para a importação do backup da sua base para o servidor da KingHost:

2.1.4 – Para importação, siga os passos abaixo:

  • selecione a base destino;
  • clique em “Selecionar arquivo”, localize em seu computador o backup da base de dados que foi gerado no servidor antigo;
  • selecione o charset que pode ser UTF 8 ou LATIM 1; (qual a diferença entre eles?)
  • caso tenha registros no banco de dados e queira remover/substituir, selecione a opção “Remover tabelas existentes”, caso deseje manter os registros já existentes, deixe esta opção desmarcada;
  • em seguida clique no botão “enviar banco de dados”,
  • será efetuado o processo de importação e aparecerá a mensagem “base importada com sucesso!”.

Observação: o backup gerado de outro servidor, pode ser adicionado alguns comandos no arquivo .sql que podem gerar conflitos na importação. Segue alguns exemplos:

  • não pode haver “create Database” (a base já está criada, portanto remova esta linha de comando do arquivo .sql);
  • não pode haver “create User” (o usuário é padrão e já está criado, conforme o nome da base de dados);
  • o banco pode estar em outro formato para importação;

Estas são as principais causas de erros na importação, lembrando que o nome do usuário é o mesmo nome da base de dados.

2.2 - Migração do banco de dados Firebird

Para acessar a sessão do banco de dados Firebird, acesse o painel de controle da KingHost e na parte inferior da página clique no ícone “Gerenciar bancos Firebird”.

2.2.1 - Selecione a versão que deseja utilizar do Firebird, conforme imagem abaixo: clique ao lado em “usar este servidor”, a versão escolhida será utilizada para qualquer base Firebird criada.

Observação: não é possível colocar uma base de dados com uma versão e criar outra base em outra versão.

2.2.2 – Crie a base de dados Firebird através do formulário, insira uma senha de sua preferência para a nova base de dados, caso deseje, pode colocar uma observação para que fique melhor a sua identificação.

2.2.3 - Após a criação do banco de dados, aparecerá o gerenciamento:

Painel 1

Painel 2

2.2.4 - Após a criação da base de dados Firebird, será necessário importar o backup da sua base de dados o qual foi gerado no servidor antigo no formato .gbk ou .fbk;

Painel 1

Painel 2

2.2.5 – Para importação, siga os passos abaixo:

  • selecione a base destino;
  • informe a senha da base de dados;
  • clique em “Selecionar arquivo”, localize em seu computador o backup da base de dados que foi gerado no servidor antigo;
  • em seguida clique no botão “enviar banco de dados”, será efetuado o processo de importação e aparecerá a mensagem “base importada com sucesso!”.

2.3 - Migração do banco de dados PostgreSQL

Para acessar a sessão do banco de dados PostgreSQL, acesse o painel de controle da KingHost e na parte inferior da página clique no ícone “Gerenciar bancos PgSQL”.

2.3.1 - Selecione a versão que deseja utilizar do PgSQL e clique em “usar este servidor”, conforme imagem abaixo:

Observação : Não é possível colocar uma base de dados com uma versão e criar outra base em outra versão.

2.3.2 - Crie a base de dados PgSQL através do formulário, insira uma senha de sua preferência para a nova base de dados, caso deseje, pode colocar uma observação para que fique melhor a sua identificação. Escolha o charset corretamente “Latim 1” ou UTF-8, e clique em “criar banco de dados”.

2.3.3 - Após a criação do banco de dados, aparecerá o gerenciamento:

Painel 1

Painel 2

2.3.4 – Com a base de dados criada, será necessário importar o backup da sua base de dados o qual foi gerado no servidor antigo. O backup preferencialmente deve estar compactado com: Zip, Rar, Bzip2 ou Gzip.

Painel 1

Painel 2

2.3.5 - Para importação, siga os passos abaixo:

  • selecione a base destino e também o formato do backup;
  • clique em “Selecionar arquivo”, localize em seu computador o backup da base de dados que foi gerado no servidor antigo;
  • em seguida, clique no botão “enviar banco de dados”, será efetuado o processo de importação e aparecerá a mensagem “base importada com sucesso!”.

2.4 - Migração do banco de dados SQL Server

Para acessar a sessão do banco de dados SQL Server, acesse o painel de controle da KingHost e na parte inferior da página clique no ícone “Gerenciar bancos MsSQL”.

2.4.1 - Selecione a versão que deseja utilizar do SQL Server, e clique em “usar este servidor”, conforme imagem abaixo: Observação : não é possível colocar uma base com uma versão e criar uma outra base em outra versão.

2.4.2 - Crie a base de dados SQL Server através do formulário, insira uma senha de sua preferência para a nova base de dados. Escolha a linguagem, podendo ser Português (BR) ou Inglês (EUA). Clique em “criar banco de dados”. Observe que este banco de dados possui a taxa mensal de R$ 15,00 a cada 300MB de espaço para a base de dados.

2.4.3 - Após a criação do banco de dados, aparecerá o gerenciamento:

Painel 1

Painel 2

2.4.4 – Com a base de dados criada, será necessário importar o backup da sua base de dados o qual foi gerado no servidor antigo. O backup preferencialmente deve estar compactado com: Zip, Rar, Bzip2 ou Gzip.

Painel 1

Painel 2

2.4.5 - Para importação, siga os passos abaixo:

  • selecione a base destino;
  • clique em “Selecionar arquivo”, localize em seu computador o backup da base de dados que foi gerado no servidor antigo;
  • em seguida clique no botão “enviar banco de dados”, será efetuado o processo de importação e aparecerá a mensagem “base importada com sucesso!”.

Observação: é possível baixar o pacote do SQL Server 2008, através do ícone verde na sessão “ações”. Este pacote é o software para o gerenciamento do o seu banco de dados.

3) Migração de e-mails/caixas postais;

  • Lembrando que na migração de e-mails, somente o conteúdo da caixa de entrada que será migrado.

3.1 – Acesse o painel de controle da KingHost e clique na opção “Gerenciar e-mails”.

3.2 – Por padrão uma conta de e-mail com o mesmo nome do domínio é criada na ativação da hospedagem. Primeiramente faça a criação de todas caixas postais, definido o tamanho e a senha de cada conta. Clique na aba “Novo e-mail”:

Painel 1

Painel 2 Clique em “Criar E-mails”.

3.3 – Selecione a opção “novo e-mail (caixa-postal)”, conforme imagem abaixo:

Painel 1

Painel 2

3.4 – Insira o nome da caixa postal, a senha e o tamanho da mesma. Clique em “Criar novo e-mail”. Faça esse procedimento para a criação de todas as caixas postais, ou se desejar pode clicar na opção “Criar diversos e-mails”.

Painel 1

Painel 2

3.5 – Após a criação das caixas postais, ao lado de cada uma consta a sessão “ações”, onde se localizam diversos ícones. Clique no último ícone “migrar e-mails de outra conta”. Segue a legenda de cada ícone:

3.6 – Após ter clicado na opção “migrar e-mails”, aparecerá a imagem abaixo:

3.7 – Atente-se para os dados que serão solicitados no formulário de migração:

  • servidor POP3: insira o endereço do servidor POP ou o IP do servidor POP. Ex: pop.antigoservidor.com.br ou mail.antigoservidor.com.br;
  • ao lado terá o campo para inserir a porta do servidor POP, normalmente a porta é 110, porém pode ter servidores que utilizam porta diferente, entretanto o mais comum é 110;
  • usuário: insira o usuário da conta de e-mail que está no servidor antigo;
  • senha: insira a senha da conta de e-mail que está no servidor antigo.

Observação: estes dados você pode obter junto ao servidor antigo.

3.8 – Após a conclusão da migração das mensagens, aparecerá a imagem abaixo, informando a quantidade de mensagens que foram migradas:

Painel 1

Painel 2

Caso tenha feito os procedimentos descritos neste tutorial e não tenha obtido sucesso, ou deseja que a KingHost realize a migração do seu conteúdo, podemos efetuar este procedimento para você sem custo adicional. Basta nos informar os dados de acesso ao antigo servidor para que possamos realizar a migração.

Informações importantes:

A Kinghost não entra em contato com a antiga empresa de hospedagem para solicitar os dados de acesso. É necessário que o cliente nos informe estes dados.

No processo de migração não possui um prazo exato para a conclusão do procedimento, visto que dependerá da quantidade de conteúdo e também a conectividade do antigo servidor.

Para revendedores que solicitarem que a KingHost faça a migração dos domínios do antigo servidor, é necessário que o próprio revendedor crie todos os domínios através do painel de controle KingHost, se desejar migração de e-mails e banco de dados, também deve realizar a criação dos mesmos através do painel de controle.

Segue abaixo o passo a passo para que possa preencher corretamente todos os dados solicitados:

4) Solicitação de migração para a KingHost

4.1 - Para que este procedimento seja executado é necessário abrir um chamado(ticket) através do painel de controle. No menu à direita, na aba “Ajuda” clique em “Abrir ticket de suporte“:

4.2 - Ao clicar na opção “Abrir ticket de suporte”, abrirá a seguinte tela:

4.3 – Preencha corretamente todos os campos de acordo com a instrução abaixo:

  • Domínio: selecione o domínio que deseja a migração
  • Observação: se você tem mais de um domínio para migrar, não é necessário abrir mais de um ticket. Selecione um domínio apenas, e no campo “Mensagem” você informa o(s) outro(s) domínio(s) a ser migrado com os respectivos dados.
  • Telefone – Por gentileza mantenha o telefone atualizado, caso seja necessário podemos entrar em contato para agilizar o processo.
  • Categoria – Selecione a categoria “Migração”.

Observação : procure sempre escolher a categoria adequada, assim o chamado se torna mais rápido e eficiente.

  • Endereço (Url) da dificuldade - Este campo será usado quando houver dificuldade especifica, no processo de migração não é necessário preencher, deixe em branco.
  • Assunto – Informe o assunto padrão “Migração de domínio” ou “Migração de domínios”.

4.4 – Mensagem: este campo é muito importante, pois é através deste que deve ser inserido todos os dados de acesso ao servidor antigo para que possamos ter acesso e realizar a migração. Abaixo segue os dados que necessitamos para os casos específicos.

  • Migração de arquivos: endereço de conexão ao FTP do antigo servidor, Host ou IP. (caso não saiba, entre em contato com o antigo servidor e solicite). Usuário para conexão e a respectiva senha.

Observação: para migração dos arquivos, nos informe os dados de acesso ao FTP ou também pode nos informar os dados de acesso ao seu antigo painel de controle.

  • Migração de e-mail: endereço de conexão ao servidor POP, Host ou IP. (caso não saiba, entre em contato com o antigo servidor e solicite). Usuário do e-mail e a respectiva senha.

Observação: caso deseje a migração de todos os e-mails, informe os dados de acesso a todas as contas e os DNS já devem estar apontando para a KingHost, desta forma não haverá perda de e-mails após a migração, e também já estará sincronizado com os servidores da KingHost.

  • Migração de banco de dados: Endereço de conexão ao servidor do banco de dados, Host ou IP. Usuário da base e a respectiva senha(caso não saiba, entre em contato com o antigo servidor e solicite). Ou se desejar pode nos informar os dados de acesso ao painel de controle do antigo servidor para que possamos acessar e realizar um backup para posteriormente efetuar a importação.

4.5 – Caso deseje a migração de tudo(arquivos, e-mails e banco de dados), será necessário informar no campo “Mensagem” todos os dados que foram solicitados em 4.4. Se tiver acesso ao painel de controle do antigo servidor, nos informe os seguintes dados: endereço de acesso, usuário e a respectiva senha.

DNS

O DNS (Domain Name System - Sistema de Nomes de Domínios) é um sistema de gerenciamento de nomes hierárquico e distribuído operando segundo duas definições:

Ping

Como realizar o comando ping:

  • clique em “iniciar” no seu computador;
  • clique em “executar” e digite CMD;
  • vai abrir uma tela preta, nela, digite ping domínio.com(.br)
  • aguarde a finalização e copie a imagem do ping;
  • por favor nos encaminhe o resultado.

Limpando Cache de DNS

ipconfig /flushdns

Por favor, limpe seu navegador (cookies e históricos) e realize também o comando ipconfig /flushdns.

Como realizar o comando ipconfig /flushdns:

  • clique em “iniciar” no seu computador;
  • clique em “executar” e digite CMD;
  • vai abrir uma tela preta, nela, digite ipconfig /flushdns
  • clique “enter” e aguarde a finalização.
  • abra uma nova pagina na internet e teste o seu site/webmail.

Tracert

Como realizar o comando tracert:

  • clique em “iniciar” no seu computador;
  • clique em “executar” e digite CMD;
  • vai abrir uma tela preta, nela, digite tracert domínio.com(.br)
  • aguarde a finalização e copie a imagem do tracert;
  • por favor nos encaminhe o resultado.

FTP

O que é FTP?

FTP é o recurso que você irá utilizar para enviar arquivos para o seu servidor.

No site SuperDownloads você encontra vários: http://superdownloads.uol.com.br/busca/ftp.html

Para conectar no FTP você precisa de 3 informações

  • Nome do host ou endereço: ftp.seudominio.com.br
  • Login: seudominio
  • Senha: senha que você cria no seu painel de controle

Caminho Fisico - Linux

/home/usuario_do_dominio/www

Caminho Fisico - Windows

D:\web\localuser\usuario_do_dominio\www 

Como alterar sua senha de FTP?

  1. faça login no painel da Hospedagem com o seu email e senha cadastrados;
  2. clique no “ok” do lado do nome do seu dominio;
  3. clique em Gerenciar FTP(painel1) ou Editar FTP(painel2);
  4. em Alterar senha de FTP;
  5. digite sua senha e confirme no campo abaixo;
  6. clique em alterar senha de FTP;
  7. aguarde o tempo solicitado e teste.
  • usuário de FTP: usuário_do_dominio
  • senha de FTP: a que você criou no seu painel de controle

Estatísticas

Caso o cliente não consiga visualizar suas estatísticas pelo link http://www.dominio.com(.br)/stats

Liberar cookies em seu internet explorer para o seu dominio.

  • Abra uma página da internet;
  • Clique em ferramentas;
  • Opções de internet;
  • Guia privacidade;
  • Botão “Site” e apos isso você digita o seu endereço dominio.com.br e clique no botão permitir.

Página de erro personalizada

Com a página de erro customizada, você pode criar suas próprias páginas com mensagens específicas que serão mostradas para o internauta quando ele digitar um endereço errado.

Como posso fazer uma página de erro customizada?

Edite os arquivos que estão dentro da pasta “erros” conforme você desejar.

Segue abaixo uma descrição de cada arquivo.

/www/erros/400.html
/www/erros/401.html
/www/erros/403.html
/www/erros/404.html
/www/erros/500.html

Descrição

400 - Solicitação com erro (Bad Request)

401 - Autorização necessária (Authorization Required)

403 - Acesso negado (Forbidden)

404 - Página não encontrada (Not Found)

500 - Erro interno do servidor (Internal Server Error)

Pronto e Fácil! Sua página de erro já esta configurada.

FormMail

O FormMail já está ativo em todas as contas hospedadas. Para utilizá-lo, siga os passos abaixo:

  1. Copie o modelo abaixo e crie uma página HTML com o nome desejado para o formulário ( ex.: formmail.html ) e faça o upload no diretório de sua preferência ( dentro do www ).
  2. Substitua a parte “seudominio.com.br” com o nome de seu domínio e seu-nome@seudominio.com.br com o seu endereço de email que receberá os dados do formulário.
  3. Crie uma segunda página HTML, com o nome de obrigado.html, que será a resposta apresentada ao enviar o formulário. Faça o upload desse arquivo junto ao formmail.html ( dentro do www ).

OBS: Reiteramos que é indispensável que o remetente (campo com name=“email”) seja um email válido do domínio hospedado conosco.

Utilize esse formulário para receber e-mails.

<form action="http://troia.kinghost.net/formmail.cgi" method="POST"><br>
<input type="hidden" name="recipient" value="nome@seudominio.com.br"><br>
<input type="hidden" name="redirect" value="http://www.seudominio.com/ok.htm"><br>
<input type="hidden" name="subject" value="teste de assunto">
<input type="hidden" name="email" value="seu email@seudominio.com.br">
Nome:<br>
<input type="text" size="30" name="nome"><br>
E-mail:<br>
<input type="text" size="30" name="replyto"><br>
Comentários:<br>
<input type="text" size="35" name="Comentarios"><br>
<input type="submit" name="BTEnvia" value="Enviar"><br>
<input type="reset" name="BTApaga" value="Apagar"><br>

Subdomínios

O que é um subdomínio?

Supondo que você tenha o domínio “dominio.com.br”, acessado por “http://sub.dominio.com.br”. Então, “http://sub.dominio.com.br” será um subdomínio de “dominio.com.br”. Na sua hospedagem, em qualquer um dos planos de hospedagem, você pode criar subdomínios ilimitados para seu site.

Como funciona?

Você pode solicitar online o serviço, pelo painel de controle e, no painel de controle mesmo você gerencia os seus subdomínios. Você poderá criar ilimitados subdomínios, sem repetição, claro, que irão apontar para subdiretórios da sua conta da seguinte maneira:

- O subdomínio “sub.dominio.com.br” irá acessar o conteúdo do diretório '/www/sub' da sua conta. O mesmo poderá ser acessado por “http://www.sub.dominio.com.br” ou por “http://sub.dominio.com.br”.

SVN

Exportar Dump

svnadmin dump /home/svn/username/repositorio/ > svndump

Importar Dump

svnadmin load /home/svn/username/repositorio/ < svndump

Desabilitando Cache

Neste exemplo iremos desabilitar cache para .swf

<Files "*.swf">
       Header unset ETag
       Header set Cache-Control "max-age=0, no-cache, no-store, must-revalidate"
       Header set Pragma "no-cache"
       Header set Expires "Wed, 11 Jan 1984 05:00:00 GMT"
</Files>

~~DISCUSSION~~

 
inicio.txt · Última modificação: 2013/04/15 11:28 (edição externa)
[unknown button type]
 
Exceto onde for informado ao contrário, o conteúdo neste wiki está sob a seguinte licença: CC Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0 Unported
Recent changes RSS feed Donate Powered by PHP Valid XHTML 1.0 Valid CSS Driven by DokuWiki