Produtos: tendência é ser eco friendly


Trend Watching divulgou o trend briefing de julho/agosto. Ele está super completo e vale a pena dar uma conferida! Resolvemos postar aqui no blog em partes (que é bem longo!) e já adicionar algumas dicas nossas

Você pode conferir as postagens anteriores na lista abaixo:

Consumidores devem democratizar mercado

Marcas: extrapolem seus limites

Marcas: as novas tecnologias vestíveis

Ou você pode ler tudo na íntegra aqui. =)

Neste mês, eles deram uma olhada em 5 tendências passadas, inclusive uma de 2009 e avaliaram os desenvolvimentos, a situação atual e as diversas oportunidades de inovação que elas continuarão a oferecer.

4. ECO-SUPERIOR

Porque só o “carbono neutro” não vai mais colar.

Nós apontamos ECO-SUPERIOR como tendência a ser observada em 2011 e dissemos o seguinte:

ECO-SUPERIOR
“Quando a questão é de ‘consumo verde’, espera-se um aumento dos produtos ECO-SUPERIOR: aqueles que além de serem ecologicamente adequados, também são superiores a seus concorrentes poluentes em todos os aspectos possíveis. Pense em uma combinação de adequação ambiental, com funcionalidade superior, design superior e / ou economia superior.”

HOJE

Apesar de muitos novos produtos criarem iniciativas para reduzir seu impacto ambiental, a crescente riqueza global e a disseminação da industrialização e do consumismo significam, com muita frequência, que o efeito é mínimo. De fato, em maio de 2013, a concentração de CO2 na atmosfera ultrapassou 400 partes por milhão pela primeira vez*.

* Fonte: U.S. Department of Commerce e National Oceanic & Atmospheric Administration

A SEGUIR

E é por isso que o único futuro sustentável real terá suas raízes em produtos que não são apenas “melhores” do que as alternativas (poluentes), mas produtos ou serviços que sejam realmente ECO-POSITIVE (ECO-POSITIVOS): quer dizer, cujo consumo ou existência na verdade beneficia o ambiente e surte impacto positivo duradouro.


Exemplos

UTEC: Outdoor extrai umidade do ar para gerar água

Utec

No último trimestre de 2012, a Universidade de Tecnologia e Engenharia do Peru (UTEC) criou um outdoor que gera água ao extraí-la da umidade do ar. Nos primeiros três meses de funcionamento, o equipamento coletou 9 mil litros de água potável, o suficiente para suprir centenas de famílias por mês.

Throw & Grow: Confete se transforma em flores silvestres depois do uso

Throw & Grow

A loja de presentes niko niko, da Holanda, oferece o confete para eventos Throw & Grow, que germina flores silvestres depois de ser usado. O confete é feito de material biodegradável com sementes de flores silvestres embutidas. Quando o confete é jogado, pode ser deixado para se desintegrar naturalmente e, se cair em solo fértil, pode dar origem a uma planta.

Torre de Especialidades: Prédio de hospital apresenta parte externa que combate a poluição

Torre de Especialidades

Finalizado em abril de 2013, o prédio Torre de Especialidades (parte do hospital da Cidade do México) absorve e desintegra substâncias químicas no ar a seu redor. A construção conta com uma camada de lajotas pintadas com dióxido de titânio, que reage com a luz UV para desmembrar a poluição em produtos químicos menos nocivos, como CO2 e água. As lajotas Prosolve370e foram desenvolvidas pela Elegant Embellishments, empresa de design de Berlim.

Prédio com emissão zero de carbono em Hong Kong

Zero Carbon Building

Inaugurado em dezembro de 2012, em Hong Kong, o Zero Carbon Building produz mais energia do que consome. Com o uso de 80 tecnologias distintas para a economia de eletricidade, entre elas painéis solares fotovoltaicos, ventilação natural, microturbinas eólicas e geradores movidos a biodiesel, alimentados por óleo de cozinha usado, o prédio produz energia excedente de até 99 horas megawatt por ano, que é devolvida ao sistema público de fornecimento de energia elétrica de Hong Kong. Sua construção custou HKD 240 milhões.

Green Leaf Inn: Hotel gera mais energia do que usa

The Green Leaf Inn

Com abertura marcada para o terceiro trimestre de 2013, The Green Leaf Inn, em Delavan, Wisconsin (EUA), é um hotel com gasto líquido de energia zero, que vai gerar mais eletricidade do que consome. O hotel butique conta com sistema aeróbico local de tratamento de água, turbina eólica, diversos painéis solares e programas de coleta de água da chuva. Os quartos são equipados com banheiros privativos e jacuzzis; códigos QR permitem aos hóspedes que saibam mais sobre as iniciativas de economia de energia por todo o hotel.

Comentários

comentário(s)

+ There are no comments

Add yours