Editor de código gratuito: 8 opções para você escolher o seu



Que tal ouvir essa matéria? Basta clicar no player acima! 🙂

São muitas as possibilidades na hora de escolher qual ferramenta utilizar para a criação de seu código. Fizemos essa lista com 8 ótimas opções de editores para você conhecer as principais ferramentas gratuitas do mercado.

Ao desenvolver um código, o que fará grande diferença são suas habilidades e criatividade com o código. No entanto, um editor de códigos com recursos avançados pode agilizar e facilitar sua vida. Os editores de código são recursos que podem apoiá-lo, especialmente durante as fases de codificação e testes. Editores modernos e poderosos podem fornecer aos desenvolvedores, por exemplo, destaque e autocomplete de sintaxe, macros, plugins, code-snippets, opção de visualização e possibilidade de FTP integrado. Alguns editores podem ir ainda mais longe e oferecer um ambiente completo de desenvolvimento com inúmeros recursos e funções.

O editor de códigos é uma ferramenta insubstituível – um software ruim pode diminuir a sua produtividade e até mesmo sujar o seu código. Por isso, fomos atrás de ótimos editores de código gratuitos para ajudá-lo na escolha dessa ferramenta que pode facilitar e agilizar o processo de desenvolvimento.

Algumas das opções que apresentamos aqui são clássicas, enquanto outras, menos conhecidas, definitivamente valem a pena serem consideradas ao escolher o seu editor de código-fonte preferido.

Lista de editores de código para você experimentar

Atom

atom

O Atom é um editor de código multi-plataforma e open source, disponível para Mac, Windows e Linux. Possui autocomplete de sintaxe, painéis múltiplos, linhas numeradas, suporte a arquivos, pesquisar / substituir, etc. Ele tem a interface do usuário organizada e simples, além disso é bastante rápido.

O Atom também é um editor “hackeável”, como seus criadores o descrevem. Essencialmente, isto significa que ele é uma aplicação desktop construída a partir de JavaScript, CSS e Node.js altamente customizável. Ele usa outro projeto do GitHub chamado Electron que fornece a capacidade de construir aplicativos de desktop multi-plataforma com tecnologias web. Consequentemente, tudo no Atom pode ser personalizado: fontes, cores, botões, layout, etc. Se você sabe um pouco de JavaScript e CSS, você pode personalizar a interface e mudar a forma como o Atom funciona através da criação de pacotes. Caso deseje, também poderá utilizar um pacote pronto.

Brackets

brackets

A Brackets foi fundada pela Adobe com o desejo de estabelecer um novo padrão para os editores web. Conforme o que está escrito no site do editor, ele é moderno, open source e “entende os projetos web”. Brackets facilita o desenvolvimento, trazendo informações de um arquivo PSD direto para o código, permitindo assim, escrever um código muito mais rápido. A ferramenta está disponível para Mac, Windows e Linux.

Notepad++

notepad

Notepad++ é um editor de código open source para Windows. Ele é fácil de usar, portanto ideal para iniciantes e, ao mesmo tempo, altamente poderoso para usuários mais avançados. Ele apresenta destaque de sintaxe para várias linguagens, incluindo PHP, JavaScript, HTML e CSS.

HTML Kit

htmlkit

O HTML-Kit é uma ferramenta de edição de código recomendada para web designers mais experientes. Para maximizar a sua utilização, este recurso requer uma compreensão mais apurada das linguagens de marcação. Para um desenvolvedor mais experiente, este editor de código oferece um forte conjunto de recursos e uma interface sem frescuras que irá satisfazê-lo tecnicamente, entregando o máximo controle sobre seu código.

Vim

vim

O Vim é um dos mais antigos editores de código disponíveis. Além disso, é bastante estável, com diversos add-ons que estendem sua capacidade dependendo do objetivo de cada usuário. O editor tem uma grande comunidade que trabalha para melhorá-lo e dar suporte às dúvidas de quem o utiliza. Alguns recursos incluem destaque de sintaxe, autocomplete de código, controle de versões, mensagens de felicitações personalizados quando você salva seus arquivos. Uma curiosidade: Vim é um acrônimo para Vi improved (melhorado).

Jedit

jedit

JEdit é um editor de código aberto disponível sob a licença GNU. Ele suporta Linux, Mac OS X e Windows e é escrito em Java. Altamente configurável e personalizável, existem mais de 150 plugins do jEdit disponíveis, que podem ser utilizados para melhorar sua experiência de codificação. jEdit é recheado de funcionalidades essenciais tais como autocomplete de código, marcação de elementos e tags, gerenciamento de arquivos e uma boa função de pesquisa e substituição.

Microsoft Visual Studio Code

visualcode

Microsoft com produto open source: esse é Visual Studio Code, um editor de código gratuito, moderno e multi-plataforma, com foco especial na construção de aplicações web. É um editor que entrega performance e ao mesmo tempo oferece vários recursos de desenvolvimento ricos (autocomplete de código, navegação, debugging, git, task running, entre outros). Vale a pena conferir.

Code Anywhere

codeanywhere

Codeanywhere é um editor de código que funciona direto no navegador, possuindo um cliente de FTP integrado. Todos os formatos populares da web são suportados pela ferramenta (HTML, PHP, JavaScript, CSS e XML). Ele é também uma plataforma de colaboração para os desenvolvedores, permitindo compartilhar arquivos, pastas ou mesmo ambientes de desenvolvimento em tempo real.

Curtiu essa seleção? Participe dessa lista comentando abaixo o seu editor preferido ou alguma característica que você considera essencial em um bom editor!

Webinar - Responsividade e html

Leonéia Evangelista

Leonéia Evangelista

Analista de Conteúdo em Kinghost
é bacharel em Comunicação Digital pela Unisinos e mestre em Bibliotecas Digitais pelo programa Digital Library Learning (Erasmus Mundus). Trabalha com web há mais de 8 anos e atualmente cursa MBA em Marketing Estratégico.
Leonéia Evangelista

Comentários

comentário(s)