Identidade visual: muito além do logo


Escolher o logo de uma empresa pode levar tempo e exigir muita pesquisa. É comum pensar que o trabalho termina ao encontrar o símbolo perfeito para o seu serviço ou produto. A verdade é que o logo é só o começo: ele funciona como uma base sobre a qual você deve construir a identidade visual da sua marca. Neste artigo, vamos dar algumas dicas para você desenvolver a sua identidade visual.

O logo é muito importante, mas não é tudo

Você provavelmente passou por todo um processo de pesquisa de mercado, brainstorming e avaliação de várias propostas na hora de escolher o logo da sua empresa. Agora, vai precisar transferir esse aprendizado para ir além dele. Afinal, você não pode usar o logo em todo material que publicar, mas ainda assim vai querer deixar a sua marca em evidência, sendo lembrada em todos os seus materiais.

Para isso, você pode começar pensando nas fontes alternativas que vai querer usar para se comunicar com o seu público. Algumas vezes, a tipografia do logo pode ser replicada em outros materiais, mas nem sempre isso é possível (ou recomendável). A tipografia do logo da Coca-Cola, por exemplo, é muito específica e reconhecida em qualquer lugar do mundo, mas ela só é usada como símbolo da marca, nunca nos textos dos anúncios.

O desafio, nesses casos, é encontrar tipografias que combinem, para que os materiais não fiquem “poluídos”. Além disso, é muito importante que a sua “fonte secundária”(aquela que é utilizada no texto que acompanha a marca) também transmita a identidade da marca do logo. Se você quer um visual mais arrojado, por exemplo, evite usar fontes caligráficas, pois elas costumam dar um ar romântico ou vintage à mensagem.

Escolha bem as cores, elas transmitem a ideia da marca

Além da tipografia, é muito importante escolher as cores da sua identidade visual. Se o seu logo for colorido, pode ser que você já tenha uma paleta definida, mas até mesmo marcas que tenham logos apenas em preto e branco devem pensar nisso. Afinal, você vai precisar usar cores em algum material de divulgação e o estilo deve ser coerente com a sua identidade visual.

Pesquisas indicam que cada cor transmite uma ideia. As grandes empresas sabem disso e procuram passar mensagens específicas através da cor que predomina em suas comunicações. No gráfico abaixo, temos alguns exemplos de grupos de marcas que usam cores similares.

Assim como as fontes, você pode (e deve) usar mais de uma cor, mas elas precisam combinar e transmitir ideias semelhantes. Veja na imagem abaixo como diferentes cores (com seus respectivos códigos hexadecimais ) podem passar a ideia de um visual praiano, por exemplo.

A palavra de ordem aqui, como tudo na vida, é moderação. Use as cores no seu logo e nos materiais de comunicação, mas não abuse. O melhor é equilibrar textos e imagens coloridos e em preto e branco. Seu leitor/cliente vai agradecer.

Mantenha a coerência visual inclusive nas redes sociais

Atualmente, é fundamental também que a presença da sua marca nas redes sociais seja coerente com a “personalidade” da sua marca. Provavelmente, você já pensou no tom que quer dar aos seus posts considerando seu público-alvo, mas a imagem da marca é tão importante quanto a sua “voz”. Essa dica é ainda mais relevante em redes que privilegiam conteúdos visuais, como Instagram e Facebook.

Como nem sempre é possível produzir materiais originais para publicar nas redes, você pode trabalhar com templates personalizáveis que representem a identidade visual da marca. O modelo de imagem para Facebook abaixo seria muito mais efetivo para uma floricultura, que iria se beneficiar desse estilo, do que um post de outro segmento anunciando a mesma promoção.

Filtros: um aliado acessível e fácil de usar

Outra ferramenta extremamente valiosa para comunicar o seu branding de maneira coesa são os filtros para as fotos. As imagens abaixo, por exemplo, poderiam estar no perfil do Instagram da mesma floricultura citada acima e nenhuma delas precisaria incluir o logo para que o potencial cliente entendesse o estilo da marca.

Se quiser usar um filtro para toda a sua comunicação, é melhor escolher uma opção que não seja específica de nenhuma rede social. Dessa maneira, você pode editar suas fotos antes de publicar em cada uma delas, mantendo a homogeneidade na comunicação.

Está vendo como desenvolver uma identidade visual para a sua marca não é algo de outro mundo? Você também pode usar essas dicas para criar apresentações e cartões de visita s para a sua empresa, por exemplo.

Canva

Canva

O Canva é uma plataforma de design intuitiva e fácil de usar, pensada para quem não tem experiência na área. Com a nossa biblioteca de recursos gráficos e templates personalizáveis, seus materiais ficam com visual profissional em questão de minutos.
Canva

Últimos posts por Canva (exibir todos)

Comentários

comentário(s)

Categories